Equitas Resources Corp. encontra mineralização com alto teor de ouro no Projeto Cajueiro


July 6th, 2016

Vancouver, British Columbia, 06 de Julho de 2016 - Equitas Resources Corp. (“Equitas” ou a “Empresa”) (TSXV: EQT) (US: EQTRF) (Frankfurt: T6UN) tem o prazer de anunciar a descoberta próximo da superfície de uma mineralização com alto teor de ouro na Zona Baldo, que faz parte do Projeto Cajueiro em sua propriedade na área central do Brasil.

Os principais destaques incluem:

  • Resultados dos ensaio iniciais identificaram 8 interseções iguais ou superiores a 1,16 g/t Au;
  • Dois intervalos de alta qualidade de 24,26 e 18,86 g/t Au acima de 2m;
  • Um intervalo separado mais amplo próximo da superfície de 12m @ 1,42 g/t Au;
  • O programa de exploração está sendo ampliado com sondagem diamantada, sondagem de trado e abertura de trincheiras para delinear e expandir ainda mais as intersecções obtidas até agora;
  • Até agora 733 dos 757 ensaios de trincheira foram recebidas e todos os resultados do núcleo de perfuração ainda estão pendentes.

Chris Harris, presidente e CEO da Equitas disse: “Estamos muito animados com os resultados positivos das perfurações, que variam de 1,16 até 24,26 gramas de ouro por tonelada na área Baldo.

Isto fornece um excelente suporte para o foco da empresa no início acelerado da produção de ouro e um potencial de aumentar ainda mais os recursos. A equipe completou o programa de exploração inicial conforme o previsto e dentro do orçamento. Com isso, decidimos estender nosso programa de perfuração e estamos bem preparados para fornecer mais informações sobre os resultados das perfurações que ainda estão por vir”.

Exploração Atualizada

Figura 1: Alvo Baldo no Projeto Cajueiro

O programa de exploração anunciado em 26 de Maio foi concluído dentro do prazo e do orçamento.

O trabalho concluído inclui 31 furos de sondagem diamantada, totalizando 1.585 metros e 1.680 metros com a abertura de 9 trincheiras. O trabalho foi realizado na área de foco dentro da Zona Baldo no Projeto Cajueiro. Até agora, 733 ensaios de ouro foram recebidos sendo um total de 757 amostras de trincheira, padrões, brancos e duplicatas atualmente submetidas. Assim todos os ensaios a partir da perfuração diamantada estão pendentes. O programa tem alterado significativamente a interpretação das potenciais estruturas mineralizadas e alteradas na área alvo, conforme mostra a Figura 2 abaixo:

Figura 2: Planta da Zona Baldo - Área-alvo com a nova interpretação geológica, trincheiras, delineações de poços e cruzamentos atuais de interesse

O programa de abertura de trincheiras tem como alvo a mineralização de ouro próximo da superfície do saprólito e o equivalente oxidado das estruturas da rocha hospedeira hidrotérmicamente alterada, hospedando um mineralização de ouro com pirita associada e veios de quartzo.

Os ensaios recebidos até agora das trincheiras TCBL_0001 a 0005, uma parte da TCBL_0006 e TCBL_0008 identificaram 8 intervalos discretos de interesse, conforme listado na tabela abaixo:

Trincheira

De (metros)

Para (metros)

Intervalo (metros)

Grama por tonelada

TCBL_0001

47.0

49.0

2.0

1.16

TCBL_0001

60.0

72.0

12.0

1.40

TCBL_0003

23.0

28.0

5.0

1.26

TCBL_0003

167.0

171.0

4.0

2.12

TCBL_0003

197.0

199.0

2.0

24.26

TCBL_0004

146.0

148.0

2.0

5.54

TCBL_0004

173.0

175.0

2.0

18.86

TCBL_0006

31.0

38.0

7.0

1.57

Tabela 1: > 1 g/t Au intervalos alcançados até o momento em saprólito - Zona Baldo – Cajueiro

Observações das áreas de alto qualidade nas trincheiras TCBL_0003 e TCBL_0004 indicam que esta mineralização e alteração associada pode ter sido alvo de uma combinação de eventos de deformação NE e EW. Melhores delineações dos intervalos de alta qualidade estão em andamento com a perfuração diamantada, sondagem de trado e amostragem de trincheira. Os resultados finais e uma interpretação estrutural atualizada serão anunciados quando estiverem concluídas.

Assim que todos os resultados foram recebidos e incorporados ao modelo, prevemos iniciar mais explorações e um programa de acompanhamento da definição de recursos.

Comentando os resultados do programa até agora, o Vice Presidente de Exploração, Everett Makela afirma: “Os resultados obtidos até agora confirmam nossa expectativa de que o componente de saprólito oxidado em rochas hospedeiras mineralizadas na Zona Baldo hospeda significantes concentrações de ouro. Todos os 8 cruzamentos obtidos até o momento merecem ser valorizados, pois o saprólito pode ser escavado diretamente na superfície e transportado para a área de processamento sem a necessidade de perfuração e detonação. Os intervalos de alta qualidade nas trincheiras TCBL_0003 e TCBL_0004 parecem representar um aumento correspondente na complexidade estrutural adicionando um novo elemento interessante para a Zona Baldo. Eu também enfatizaria que a maioria dos resultados do ensaio serão recebidos, portanto, existem novas informações consideráveis que ainda estão por vir deste programa de exploração”.

Objetivos Adicionais em Baldo

O mapeamento e a amostragem de superfície anterior revelou que a área Baldo hospeda uma generalizada mineralização de ouro no saprólito. Até agora três assinaturas adicionais semelhantes, alvo para a área atual de foco, foram identificados. Os alvos serão analisados em detalhes, classificados e preparados para futuros programas de exploração.

Garantia de Qualidade/Controle de Qualidade (QA/QC) e Método Analítico

Todos os lotes de amostras incluem 5% de amostras de QA\QC constituídos por brancos, padrões e de campo duplicatas ou replicatas, foram enviadas para a SGS GEOSOL em Vespasiano, MG, Brasil. A análise é realizada por ensaio de fogo com fusão 50g e Espectroscopia de Absorção Atómica.

Teste Metalúrgico

Uma amostra composta de 100kg de saprólito mineralizado, identificados pelo programa até agora, foi enviado para a Testwork Desenvolvimento de Processo Ltda, que fica em Nova Lima, MG, Brasil,

para testes metalúrgicos em escala de bancada, incluindo trituração, separação por gravidade e de lixiviação de cianeto em garrafa.

Projeto Cajueiro

O Projeto Cajueiro está localizado na Central do Brasil dentro dos estados do Mato Grosso e Pará. O Projeto abrange uma área de 39.053 hectares e está localizado a 95 quilômetros ao norte da cidade de Alta Floresta.

O Relatório Técnico NI 43-101 sobre os Recursos (Gustavson, 2016) para o Projeto Cajueiro documenta um Recurso Mineral Indicado de 8.636 milhões de toneladas contendo 214.100 onças de ouro com teor 0,771 g/t (zonas de sulfureto); um Recurso Mineral Inferido de 9.526 milhões de toneladas contendo 203,500 onças de ouro com teor 0,664 g/t (zonas de sulfureto) e um Recurso Mineral Inferido de 1.374 milhões de toneladas contendo 78.400 onças de ouro com teor 1.775 g/t (zonas de saprólito oxidado).

Divulgação NI 43-101

Everett Makela, P. Geo., Vice-Presidente de Exploração da Equitas Resources Corp., de acordo com a National Instrument 43-101, é uma pessoa qualificada e supervisionou a preparação das informações técnicas deste comunicado à imprensa.

Para mais informações sobre Equitas Resources Corp., por favor, entrar em contato com Sean Kingsley, Comunicações Corporativas através do telefone +1604-681-1568 ou skingsley@equitasresources.com.

Em nome do Conselho de Administração,
EQUITAS RESOURCES CORP.

Chris Harris
Chris Harris
Presidente & CEO

Tel: +1 604-681-1568

info@equitasresources.com

Tanto a TSX Venture Exchange quanto o seu Provedor de Serviços Regulatórios (Como é definido nas políticas da TSX Venture Exchange) não aceitam a responsabilidade pela adequação ou precisão deste comunicado.

Declarações Prospectivas

Este comunicado à imprensa contém declarações prospectivas relativas às futuras operações da empresa e outras declarações que não sejam fatos históricos. As declarações prospectivas são frequentemente identificadas por termos tais como “irão”, “podem”, “deveriam”, “antecipam”, “esperam” e/ou expressões semelhantes.Todas as outras declarações incluídas neste comunicado, que não constituem fatos históricos, incluindo, sem limitações, declarações relativas ao planejamento futuro sobre despesas de exploração, envolvimento de que uma maior exploração irá delinear e expandir os cruzamentos obtidos até agora, custos dos programas e expectativas de recursos adicionais para a área de Baldo, são declarações prospectivas que envolvem riscos e incertezas.Não há garantia de que tais declarações venham a revelar resultados reais e/ou precisos. Portanto, eventos futuros podem diferir materialmente daqueles antecipados em tais declarações. O leitor está sendo alertado de que as referências aos recursos minerais que não sejam reservas minerais, não demonstram viabilidade economica e os pressupostos utilizados na preparação de qualquer informação prospectiva poderão se revelar como incorreta.Eventos ou circunstâncias podem causar resultados reais que difiram materialmente daqueles previstos, como resultado de inúmeros riscos conhecidos e desconhecidos, incertezas e outros fatores, muitos dos quais estão além do controle da empresa. O leitor está sendo alertado para não depositar confiança indevida em qualquer informação prospectiva. Embora as informações sejam consideradas razoáveis pela administração no momento da preparação, ainda pode revelar resultados incorretos e os resultados reais podem diferir materialmente daqueles antecipados. As declarações prospectivas contidas neste comunicado de imprensa são expressamente qualificadas por esta declaração cautelar. As declarações prospectivas contidas neste comunicado à imprensa são feitas a partir da data deste comunicado de imprensa e a Empresa atualizará ou revisará publicamente qualquer declarações prospectivas incluídas, conforme expressamente exigido pela lei de valores mobiliários Canadense.

.